fbpx

Guia de Passo a Passo de como encontrar o Ponto G feminino

Muitos debates se fazem sobre a possibilidade de existir um Ponto G nas mulheres. Descobre agora como encontra-lo e como estimula-lo!

O que é o Ponto G? Onde é o Ponto G? O Ponto G na realidade existe?

Essas mesmas perguntas atormentaram homens, mulheres e cientistas na procura de prazer desde que o Ponto G feminino foi identificado pela primeira vez em 1940 pelo médico Alemão “Ernst Gräfenberg”.

Em 2012, uma pesquisa cientifica chegou à conclusão que não havia muita prova anatómica de que todas as mulheres tinham um Ponto G mas, evidências anedóticas e “relatórios confiáveis” diziam que havia realmente uma área específica dentro da vagina que, quando estimulada podia ajudar muitas mulheres a atingir o orgasmo facilmente.

Ainda assim, isso foi em 2012. E, neste momento estamos em 2019. Os médicos percorreram um longo caminho desde então… Eles chegaram a especular que o Ponto G não era um ponto, mas sim uma extensão do clitóris. Sim, tu leste bem! O clitóris é na verdade muito maior que que um “botão rosa” no ápice dos lábios da mulher… Ela se estende até cinco polegadas por dentro do corpo, e é por isso que os pesquisadores estão a começar a conceituar o Ponto G como não existindo independentemente, mas como uma entidade profundamente entrelaçada com outras partes da anatomia sexual feminina.

Aqui está uma fotografia de um clitóris para quem nunca viu:

Clitóris e Ponto G

As relações anatómicas e as interações dinâmicas entre o clitóris, a esponja uretral e a parede vaginal anterior levaram ao conceito de um complexo chamado de “clitourethrovaginal” (CUV). Um artigo publicado pela “Nature Reviews” em 2014 relatou que quando o CUV é “estimulado adequadamente durante a penetração, pode induzir respostas orgásmicas”.

Em outras palavras, o Ponto G provavelmente existe, mas não é um entidade misteriosa e separada. É outra zona erógena ligada ao clitóris, e algumas mulheres podem atingir um orgasmo estimulando-o por dentro da vagina.

Ainda assim, muitas mulheres não estão convencidas de que têm mesmo um Ponto G. Quando uns pesquisadores Britânicos perguntaram a cerca de 1800 mulheres se elas acreditavam que tinham um Ponto G, apenas 56% disseram que sim, o que não é muito encorajador para homens que tentam que a mulher atinja o orgasmo com a ponta dos dedos. No entanto, isso não significa que você não tente fazer isso.

E, independentemente de ela poder ter orgasmo induzido pelo Ponto G, se você souber o caminho certo para procurar o Ponto G, a tua mulher vai gostar demais.

Aprende agora como explorar o Ponto G!

Certifique-se de fazer um “Aquecimento” Primeiro

Antes de tudo, verifica se as suas mãos estão limpas e se tem suas unhas cortadas, porque você colocará os dedos em um local muito sensível. Devido a sua localização escondida os dedos geralmente são mais eficazes para encontrar e estimular o Ponto G.

Como qualquer outra coisa relacionada com sexo, foque-se nas preliminares. Concentre-se em beijar seus lábios, seios, bumbum e outros sítios quentes antes de partir para a vagina e começar a “trabalhar”. O Ponto G é composto de tecido que incha consoante a excitação, ou seja, quanto mais excitada a sua parceira estiver, mais fácil será encontrar o Ponto G e agradá-la.

Mesmo que a sua parceira esteja muito lubrificada e excitada, você pode optar por usar lubrificante extra também!

Como Encontrar o Ponto G dela

Embora não esteja claro se todas as mulheres se excitam com o Ponto G, há pouco debate sobre como encontrar o ponto de prazer das mulheres. Mas não se preocupe, é uma tarefa bastante fácil na realidade!

Ele está localizado na parede frontal da vagina, na parte de dentro, a uns 3-5 centímetros da entrada da vagina em direção ao umbigo. É uma área com tecido enrugado (similar a uma uva passa) que aumenta de tamanho com o aumento do nível de excitação, como você já sabe.

Como Encontrar o Ponto G

Como Estimular o Ponto G

Agora que você sabe onde se encontra, como se estimula… É a sua pergunta, certo?

Antes de aprender a como estimular, fique sabendo que o orgasmo vindo do Ponto G é um tipo de orgasmo bem mais intenso do que o orgasmo clitoriano, podendo inclusive fazer com que a sua parceira ejacule e tenha convulsões por todo o corpo.

Portanto, estimular o ponto é bastante fácil. Comece por masturbar sua parceira normalmente, com movimentos “entra e sai” bem devagar… Explore toda a vagina e sinta todas as partes internas. Isto vai fazer com que a vagina de sua parceira fique muito mais lubrificada para facilitar toda a açao. De seguida, use metade de um dos seus dedos, enfie na vagina e aponte para a direção do umbigo e tente localizar o Ponto G. Assim que encontrá- lo faça o movimento de “venha aqui” com o dedo indicador, como mostra a imagem.

Como Estimular o Ponto G

Esse movimento por si só já é mais do suficiente para fazer com que a sua parceira chegue facilmente ao orgasmo. No entanto, existem algumas variações deste movimento que vão fazer com que o orgasmo venha ainda mais depressa.

Como chegar ao Próximo Nivel

Chegar ao próximo nível é bastante simples, apenas seja criativo e leve a sua parceira a loucura!

Utilize dois dedos e faça o mesmo movimento que estava fazendo antes com um, de seguida, depois de se acostumar faça isso e ao mesmo tempo use a língua no clitóris e deixe a sua parceira desfrutar diferentes prazeres ao mesmo tempo.

E pronto… Depois disso meu amigo, eu lhe garanto que sua parceira vai querer reaver você o mais rápido possível e voltar a querer fazer sexo consigo!

Comments are closed.